A MODERNIZAÇÃO E O FUTURO DO JUDICIÁRIO

Leôncio Monteiro Lima

Resumo


O presente estudo pretende examinar como o desenvolvimento
tecnológico tem mudado o cotidiano de todo ser-humano, facilitando em muito sua
vida no dia-a-dia. Desta necessidade de algo que o beneficie nos trabalhos
cotidianos, é que o homem esta sempre inovando e criando meios que diminuam o
trabalho manual de forma a se agilizar e de certa forma, diminuir seus esforços. E
como a sociedade se moderniza cotidianamente, o judiciário também viu a
necessidade de se modernizar para melhor atender a demanda advinda. E foi se
aproveitando dos novos meios tecnológicos que a modernização proporcionou que
foi criado o sistema PROJUDI, este que tem prometido agilizar a Justiça, diminuindo
os custos, aumentando assim a capacidade de processamento de ações e facilitando
desta forma a capacidade de processamento de ações. Todavia, por se tratar de um
programa de computador, traz certa insegurança, levando em consideração o fato de
estar propicio ao ataque de hackers e afins. O presente artigo possui o objetivo de
tratar os fatores que levaram o judiciário a se modernizar, as problemáticas de tal
modernização e mostrar algumas das soluções apresentadas para evitar os
problemas dali oriundos.


Texto completo:

PDF

Referências


A IMPORTÂNCIA DE MODERNIZAR A ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA. Disponível em:

. Acesso em: 15 abr. 2012.

BRASIL. Lei nº 11.419, de 19 de dezembro de 2006. Dispõe sobre a informatização do processo judicial; altera a Lei no 5.869, de 11 de janeiro de 1973 – Código de Processo Civil; e dá outras providências.

CÂMARA, Maria Amália Oliveira de Arruda . A Nova Tecnologia da Informação e o Direito. Recife: Nossa Livraria, 2005. 134 p.

CHAVES JÚNIOR, José Eduardo de Resende (Coord.). Comentários à lei do processo eletrônico coordenador. São Paulo: LTr, 2010. 224 p.

NOVOS DIREITOS – Revista Acadêmica do Instituto de Ciências Jurídicas

v. 4, n. 2, jul./dez. 2017 – ISSN: 2447-1631

FERRAZ, Leslie. A demora do judiciário e o custo Brasil. Revista Eletrônica sobre a Reforma do Estado (RERE), Salvador, Instituto Brasileiro de Direito Público, n. 18, jun./ago., 2009. Disponível em:

FERRAZ.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2012.

LOPES, Leopoldo Fernandes da Silva. Processo e Procedimento Judicial Virtual: comentários judiciais à Lei 11.419/06 e suas importantes inovações. Revista Jurídica, São Paulo, v. 55, n. 353, p. 61-76, mar. 2007.

MODERNIZAÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO. Disponível em:

. Acesso em: 05 abr. 2012.

PINHEIRO, Patricia Peck. Direito Digital. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2009. 411 p.

WAMBIER, Luiz Rodrigues; WAMBIER, Teresa Arruda Alvim; MEDINA, José Miguel Garcia. Breves comentários à nova sistemática processual civil, II: Leis 11.187/2005, 11.232/2005, 11.276/2006, 11.277/2006 e 11.280/2006. São Paulo: RT, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.