O PERFIL DO LÍDER NO SETOR DE PRODUÇÃO

Micael Gomes Freitas, Pedro Henrique Guedes Da Silva, Ricardo Borges Capelli

Resumo


O presente artigo é o resultado de uma pesquisa que tem por objetivo geral abordar o perfil do líder do setor de produção. Aborda como problemática quanto à identificação do perfil do líder no setor de produção. A pesquisa inicialmente apresenta os conceitos de Recursos Humanos, as noções básicas e introdutórias de líder e liderança, bem como os aspectos que situam o papel do líder no cenário do setor de produção e o perfil do líder. Para alcançar o objetivo almejado adotou-se o método de pesquisa descritiva, respeitando as fases de leitura exploratória, leitura seletiva, leitura analítica e, por fim, a leitura interpretativa de bibliografias de autores especialistas que tratam quanto à temática ora pesquisada. Entende-se que o líder do setor de produção deve ser criativo, versátil, multifuncional, aglutinador junto aos funcionários, saber lidar com as pessoas, saber exercer o estilo de liderança com propriedade, além de conhecer e entender do processo de produção organizacional, de tal modo que tais características compõem o perfil do líder ora pesquisado. Logo, avalia-se que o presente artigo alcançou o objetivo proposto.

O PERFIL DO LÍDER NO SETOR DE PRODUÇÃO


Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Júlio César de. Constituição das competências de liderança dos acadêmicos de administração: um estudo no curso de administração de Unijuí. 2012. Disponível em:

Acesso em: 28 maio. 2018.

ALMEIDA, C. e DIAS, V. Tipos de liderança na relação gestor e assessor. Monografia de Conclusão de Curso. UFBA: 2003.

ALONSO, V. As 5 atividades básicas do líder. HSM Management, ano 9, n. 52, setembro/outubro 2005.

ANTUNES, Thiago Caversan. Apontamentos sobre a definição legal de consumidor e a jurisprudência contemporânea. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano 18, n. 3594, 4 maio 2013. Disponível em: . Acesso em: 4 jun. 2018.

ARRUDA, J.J.A. História moderna e contemporânea. São Paulo: Bom Livro, 1987.

BERGAMINI, Cecília W. Liderança: administração do sentido. São Paulo: Atlas, 1994.

BITENCOURT, C. Gestão contemporânea de pessoas: novas práticas, conceitos tradicionais. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

BORBA, Jaqueline S. A definição dos conhecimentos, habilidades e atitudes na formação de administradores na percepção de gestores, acadêmicos e legal. VIII Convibra Administração – Congresso Virtual Brasileiro de Administração – www.convibra.com.br. 2011

BORGES, Vanessa E. A Evolução do Papel do Líder nas Organizações: Um enfoque Histórico. Sumaré Revista Acadêmica Eletrônica. Disponível em: http://www.sumare.edu.br. v. 2, 2° em 2009. Acesso em: 17 de abril. 2018

BOTELHO, J. C.; KROM, V. Os Estilos de Liderança nas Organizações. Disponível em: www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2010/anais/arquivos/0003_0494_01.pdf. 2012. Acesso em: 06 maio 2018.

CORTELLA, M. Qual é a tua obra? Inquietações propositivas sobre gestão, liderança e ética. 24 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

CHIAVENATO, Idalberto. Gerenciando Pessoas: o passo decisivo para a administração participativa. São Paulo: Makron Books, 1994.

________. Administração de recursos humanos. 4º Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

________. Desempenho Humano nas Empresas: como desempenhar cargos e avaliar o desempenho. 5. ed. Silo Paulo: Atlas, 2001.

________. Introdução da teoria geral da Administração. 7º Edição – Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

________. Recursos humanos: o capital humano das organizações. 8ª ed. São Paulo: Atlas, 2004.

_______. Administração da Produção. 11ª edição – Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

_______. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

CORRÊA, Henrique Luiz; CORRÊA, Carlos A. Administração de produção e operações: manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

DAVIS, Mark M; AQUILANO, Nicholas J; CHASE, Richard B. Fundamentos da administração da produção. Porto Alegre: Bookman, 2001. pp.120-146. FITZSIMMONS, James A; FITZSIMMONS, Mona J. Admini

DRUCKER, Peter F. O líder do futuro. São Paulo: Futura, 1996.

ECHEVESTE, Simone. Perfil do executivo no mercado globalizado. RAC, v.3, n.2, mai./ago. 2009.

FACHADA, Maria Odete. Psicologia das Relações Interpessoais. 6ª Ed. Lisboa: Rumo. 2003.

FERNANDES, F.C.F., SANTORO, M.C., Avaliação do grau de prioridade e do foco do Planejamento e Controle da Produção (PCP): modelos e estudos de casos. Gestão & Produção, v. 12, 2005.

FLEURY, A. O que é engenharia de produção. In: Introdução à Engenharia de Produção. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

FRANÇA, A. C. L. Práticas de Recursos Humanos: conceitos, ferramentas e procedimentos. São Paulo: Atlas, 2007.

GAITHER, Norman. FRAZIER, Greg. Administração da produção e operações. Tradução José Carlos Barbosa dos Santos; revisão Petrônio Garcia Martins. -8. ed. - São Paulo, Pioneira Thomson Learning, 2002.

GIL, A. C. Administração de recursos humanos: um enfoque profissional. São Paulo: Atlas, 1994.

GOLEMAN, Daniel. Daniel Goleman na prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 2ª reimpressão.

GUADANHIM, Thiago. Atendimento ao Cliente e Consumidor. Fundação Educacional do Município de Assis – FEMA: Assis 2014.

HUNTER, James C. O monge e o executivo: uma história sobre a essência da liderança. Rio de Janeiro: Sextante, 2004.

KLADIS, Constantin M. e FREITAS, Henrique M.R. de. O gerente nas organizações: funções, limitações e estilos decisórios. São Paulo – SP: Revista Ser Humano (RH), ano XXX, n. 109, Junho 1996, p 33-35.

LACOMBE, F. J. M. Recursos Humanos: princípios e tendências. São Paulo. Saraiva, 2005.

LESSA, Jorge. Mandar é fácil, Liderar é difícil. 2ª ed. Salvador: Casa da Qualidade, 1999.

LOPES, Alceu de O. PASQUALINI, Fernanda. SIEDENBERG, Dieter. Gestão de Produção. Coleção Educação a Distância Série Livro-Texto. Editora Unijuí, 2010.

MAXIMIANO, Antônio C. A. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. São Paulo: Atlas, 2004

________. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. São Paulo: Atlas, 2006.

MARRAS, Jean Pierre. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. 14.ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

MARTINS, Petrônio G; LAUGUENI, Fernando P. Administração da produção. 2.ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

MILKOVICH, George T. BOUDREAU, John W. Administração de Recursos Humanos. São Paulo: Atlas, 2000.

MOHAMMAD, Ali M. R. The impact of organizational culture on the successful implementation of total quality management. The TQM Magazine, v. 18, n. 6, p. 606-625, 2006.

ODERICH, Cecília. Gestão de competências gerenciais: noções e processos de desenvolvimento. In: RUAS, Roberto et al. Os novos horizontes da gestão: aprendizagem organizacional e competências. Porto Alegre: Bookman, 2005.

PEINADO, Jurandir, GRAEML, Alexandre R. Administração da produção: operações industriais e de serviços. Curitiba : Unicen, 2007.

RITZMAN, L. P.; KRAJEWSKI, L. J. Administração da Produção e Operações. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

ROBBINS, S. P. Fundamentos do Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson, 2006.

_________. Administração: mudanças e perspectivas. (Tradução Cid Knipel Moreira) - São Paulo. Saraiva, 2009.

RODRIGUES, D. F. Aspectos comportamentais da gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

SILVA, Pedro de Freitas. I Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da Regional Catalão, Universidade Federal de Goiás. Anais do I CONPEEX 2015.

SINGH, Sundar. Administração do relacionamento com o cliente. Definições e Entendimento do Conceito Cliente, 2015. Disponível em: < http://carlosbruno.byethost4.com/images/pdfs/Aula%2001%20-%20Entendimento%20do%20Conceito%20Cliente_.pdf?i=1>. Acesso em: 12 jul. 2018.

SOTO, Eduardo - Comportamento Organizacional: o impacto das Emoções. São Paulo: Editora Cengage Learning, 2010.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da Produção. 3ª edição – São Paulo: Atlas 2009.

ULRICH, D. Os campeões de recursos humanos: inovando para obter os melhores resultados. São Paulo: Futura, 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.