BULLYING ESCOLAR E PRECONCEITO: aproximações e distanciamentos | Silva | Psicologias em Movimento

BULLYING ESCOLAR E PRECONCEITO: aproximações e distanciamentos

Tainá Dal Bosco Silva, Matheus Rodriguês da Silva, Fabiana Alves de Jesus

Resumo


RESUMO: O presente artigo é uma pesquisa bibliográfica que tem como objetivo conceituar preconceito e bullying como formas de violência escolar, identificar características em comum e pontos de distanciamento entre ambas e apresentar o papel da educação no enfrentamento a esse tipo de violência no contexto escolar. A discussão é apresentada à luz da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt e da psicanálise freudiana ligadas à temática da violência e da educação. Em conclusão, destaca-se para que ambas as violências são de cunho psicológico e não implica apenas uma expressão pulsional do homem, mas também está presente nos processos sociais civilizatórios, sobretudo na sujeição do homem e na irracionalidade presente na sociedade, tendo a educação um papel fundamental para a desconstrução e reconstrução desses processos.


Palavras-Chave: Bullying. Preconceito. Educação.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Educação após Auschwitz. In: ADORNO, T. W. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995a. p.119-138. ADORNO, T. W. Educação para quê? In: ADORNO, T. W. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995b. p.138-154. ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. In: ADORNO, T. W. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995c. p.168-185. ADORNO, T.W. Tabus acerca do magistério In: ADORNO, T.W. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995e. p. 97-118.

ADORNO, T. W. Palavras e Sinais: modelos críticos 2. Trad. Maria Helena Ruschel. Petrópolis: Vozes, 1995d.

ADORNO, T. W. Mínima Moralia. Trad.Luiz Eduardo Bicca. São Paulo: Editora Ática, 1993.

ADORNO, T. W. Estudos sobre a personalidade autoritária. São Paulo: Editora Unesp. 2019. ALMEIDA, S.B. de; CARDOSO, L. R. D.; COSTAC, V.V. Bullying: conhecimento e prática pedagógica no ambiente escolar. Psicologia Argumento, [S.l.], v. 27, n. 58, p. 201-206, jul. 2009.

ANTUNES, D.C.; ZUIN, A. A. S. Do bullying ao preconceito: os desafios da barbárie à educação. Psicol. Soc., Porto Alegre, v. 20, n. 1, p. 33-41, Apr. 2008.

BRASIL. Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n. 9.394. Brasília, DF. Disponível em: www.mec.seesp.gov.br, 1996. CARLONI, P.; DAL BOSCO, T.; RODRIGUES DA SILVA, M. Os professores e o combate à violência na escola: bullying e responsabilidade. Olhares: Revista do Departamento de Educação da Unifesp, v. 9, n. 1, p. 191-212, 21 abr. 2021.

CEATS. Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor. Bullying escolar no Brasil - Relatório Final. São Paulo: CEATS/FIA, 2016. Disponível em: http://www.slideshare.net/edudeoliv/pesquisa-bullyingescolarnobrasil.

COSTA, V. H. F. Apresentação à edição brasileira. In: ADORNO, T. W. Estudos sobre a personalidade autoritária. São Paulo: Editora Unesp. 2019a

COSTA, V. H. F. Resumo de The Authoritarian Personality. In: ADORNO, T. W. Estudos sobre a personalidade autoritária. São Paulo: Editora Unesp. 2019b

CROCHICK, J.L. Fatores psicológicos e sociais associados ao bullying. Revista Psicologia Política, São Paulo, v. 12, n. 24, 2012, p. 211-229. CROCHICK, J.L. Preconceito e bullying: marcas da regressão psíquica socialmente induzida. Psicol. USP, São Paulo, v. 30, e 190006, 2019. CROCHICK, J.L.; DIAS, M. A. L. (Orgs.) Estudos sobre violência escolar entre estudantes. São Paulo: Benjamin Editorial, 2020. 320p.

CROCHIK, J. L. Preconceito e Educação Inclusiva. Brasília: Secretaria dos Direitos Humanos, 2011a

CROCHIK, J. L. Preconceito, Indivíduo e Cultura. Casa do Psicólogo:São Paulo, 2011b. CROCHIK, J.L. Tecnologia e individualismo: um estudo de uma das relações contemporâneas entre ideologia e personalidade. Análise psicológica, v. 18, n. 4, 2000, p. 529-543. CROCHIK, J.L.; PATTO, M.H.S. Pedindo socorro à parede. In: Formação de psicólogos e relações de poder: sobre a miséria da psicologia [S.l: s.n.], 2012. CROCHIK, J.L.; PINTO, F.S.C.N.; CARLONI, P.R.. A Escola E O Papel Da Autoridade: As Contradições entre a formação para a adaptação e para a resistência. Revista Uniaraguaia, [S.l.], p. 110-118, fev. 2020. ISSN 2676-0436. CROCHÍK, J.L; CROCHÍK, N. Bullying, preconceito e desempenho escolar: uma nova perspectiva. São Paulo: Benjamin Editorial, 2017. FREIRE, I. P.; SIMAO, A. M. V.; FERREIRA, A. S. O estudo da violência entre pares no 3º ciclo do ensino básico: um questionário aferido para a população escolar portuguesa. Rev. Port. de Educação, Braga, v. 19, n. 2, p. 157-183, 2006.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra.1996.

FREUD, S (1930). O mal-estar na civilização. Tradução Paulo César de Souza. 1 ed, São Paulo: Companhia das letras, 2011. FREUD, S. (1925). A negativa. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud, vol. XIX. Rio de Janeiro: Imago, 1996. FREUD, S. (1914) Sobre o narcisismo: uma introdução. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud, vol. XIV. Rio de Janeiro: Imago, 1996. FREUD, S. (1923) O ego e o id. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud, vol. XIX. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

HORKHEIMER, M; ADORNO, T. W. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Zahar, 1995

HORKHEIMER, M; ADORNO, T. W. Temas básicos da Sociologia. São Paulo: Cultrix, 1973.

IBGE. Ministério da Saúde. Pesquisa nacional de saúde do escolar: 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2016. 132p. JONES, E. Rationalization in every-day life. The Journal of Abnormal Psychology, 3(3), p. 161–169, 1908.

KANT I. Sobre a Pedagogia. Trad Francisco Cock Fontanella. Piracicaba: Editora Unimep; 1999.

KANT, Immanuel. Resposta à pergunta: Que é "Esclarecimento"? In: KANT, Immanuel. Immanuel Kant: textos seletos. Tradução de Emmanuel Carneiro Leão. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2013. p. 63-71. LOPES NETO, Aramis A. Bullying: comportamento agressivo entre estudantes. J. Pediatr. (Rio J.), Porto Alegre, v. 81, n. 5, supl. p. s164-s172, Nov. 2005.

OLIVEIRA-MENEGOTTO, L. M. de; PASINI, A.I.; LEVANDOWSKI, G. O bullying escolar no Brasil: uma revisão de artigos científicos. Psicol. teor. prat. São Paulo, v.15, n.2, p.203-215, ago. 2013.

OLIVEIRA-MENEGOTTO, L. Machado de; PASINI, A. I.; LEVANDOWSKI, G. O bullying escolar no Brasil: uma revisão de artigos científicos. Psicol. teor. prat., São Paulo, v.15, n. 2, p. 203-215, ago. 2013.

SALGADO, F.S. et al. Bullying no ambiente escolar: compreensão dos educadores. J Hum Growth Dev. 2020; 30(1):58-64. SILVA, E. N.; ROSA, E. C. S. Professores sabem o que é bullying? Um tema para a formação docente. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, SP. v. 17, n. 2, Julho/Dezembro de 2013: 329-338. 2013.

SILVA, J. L. da et al. Bullying na sala de aula: percepção e intervenção de professores. Arq. bras. psicol., Rio de Janeiro, v. 65, n. 1, p. 121-137, jun. 2013.

UNESCO. Violência escolar e bullying: relatório sobre a situação mundial. Brasília: UNESCO, 2019. 54 p.

WILLIAMS, Lúcia Cavalcanti de ALbuquerque. Violência intrafamiliar e intimidação entre colegas no ensino fundamental. Cad. Pesqui., São Paulo , v. 39, n. 138, p. 995-1018, Dec. 2009. ZEQUINAO, M. A. et al. Desempenho escolar e bullying em estudantes em situação de vulnerabilidade social. J. Hum. Growth Dev., São Paulo, v. 27, n. 1, p. 19-27, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.