MÉTODO DE CUSTEIO RKW: Aplicação na Indústria de Laticínios Andry

Adrielly Arantes Magalhães, Angela Marciana da Silva, Valdeci José Caetano

Resumo


Por se tratar de um cenário de mudanças contínuas e rápidas, cada vez mais competitivo entre as indústrias e a consequente redução da lucratividade, o mercado atual instiga a novas estratégias empresariais através do aumento da produtividade e da redução dos custos. Nesse contexto o presente artigo tem como tema de estudos o Método de Custeio RKW: Aplicação na Indústria de Laticínios Andry. Este estudo abrange o levantamento e a distribuição dos gastos existentes na indústria de laticínios, tendo por objetivo a aplicação do método de custeio RKW, visando demonstrar a alocação dos custos de produção, proporcionar à entidade a possibilidade de análises mais criteriosas de seus gastos e contribuir para a melhoria na gestão de custos como ferramenta de auxílio á tomada de decisões. O presente artigo optou por metodologia o estudo de caso, aplicado na Indústria de Laticínios Andry, localizada no município de Bela Vista de Goiás, região metropolitana de Goiânia. Os dados foram coletados nos documentos da entidade em estudo, propondo-se a divisão em cinco centros de custos (Administrativo, Coleta/Recepção, Produção, Embalagem e Venda/Logística) para atribuí-los a responsabilidade pelos custos e despesas, fundamentando-se no conceito do método de custeio utilizado. Concluiu-se que o estudo proporcionou à entidade, a oportunidade de revisar seus processos através do entendimento dos resultados apurados mediante aplicação do custeio proposto, por contribuir de forma satisfatória, apesar dos resultados não serem favoráveis no que diz respeito à lucratividade.

Texto completo:

PDF

Referências


BACKES, Rosemary Gelatti et al. Aplicação do método de custeio RKW em uma cooperativa agrícola. Custos e @gronegócio on line, Recife, v. 3, edição especial, Mai. 2007. Disponível em: < ttp://www.custoseagronegocioonline.com.br/especialv3/RKW.pdf>. Acesso em 13 fev. 2016.

BORNIA, Antonio Cezar. Análise Gerencial de Custos: Aplicação em empresas modernas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 3.ed. São Paulo: Cortez, 1998.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE – CFC. Resolução n° 1.170 de 29 de maio de 2009. Aprova a NBC TG 16 – Estoques. Disponível em: . Acesso em: 27 mar. 2016.

CREPALDI, Silvio Aparecido. Curso básico de contabilidade de custos. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

DUTRA, René Gomes. Custos: uma abordagem prática. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HARTMANN, Marconi. Mapeamento de Custos Através do Método RKW Aplicado em uma Indústria Termoplástica. Disponível em: . Acesso em 17 abr. 2016.

HISSA, L. Surgimento e Evolução da Contabilidade de Custos. Disponível em: . Acesso em: 13 mar. 2016.

LEONE, George Sebastião Guerra. Curso de Contabilidade de Custos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. 10. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

SILVA, L. S.; MENEZES, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. Florianópolis: UFRS, 2005. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2016.

VARTANIAN, Grigor H.; NASCIMENTO, Diogo T.. O método de custeio pleno: uma analise conceitual e empírica. Disponível em:http://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/viewFile/3170/3170>. Acesso em: 17 abr. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.