CORRELAÇÃO ENTRE CONSUMO DE CARNE DE FRANGO E RENDA NO BRASIL (2002-2009)

Edilson Gonçalves Aguiais, Reginaldo Santana Figueiredo

Resumo


RESUMO: Este trabalho tem por objetivo verificar se há correlação positiva entre as variações na renda da população brasileira e o consumo de carne de frango no Brasil, no período 2002/2006. Para tanto, utilizou-se o consumo de frango mensal e o rendimento nominal médio domiciliar para o período estudado. A hipótese adotada foi de que variações na renda influenciam positivamente o consumo de frango, contrapondo a ideia que haverá redução no consumo da carne de frango quando há um aumento da renda, visto que o consumo seria substituído pela carne bovina. Os resultados mostram que existe correlação positiva entre as variações na renda e o incremento do consumo de frango no período estudado, confirmando a hipótese de trabalho.

 Palavras-chave: Demanda. Elasticidade. Frango. Agronegócios.

 


Texto completo:

PDF

Referências


BLEIL, S. I. O padrão alimentar ocidental: considerações sobre a mudança de hábitos no Brasil. Cadernos de Debate Vol. VI, NEPA. UNICAMP, 1998.

CARVALHO, T. B. Estudo da elasticidade-renda da demanda da carne bovina, suína e de frango no Brasil. Dissertação (Mestrado), Esalq, 2007.

SANTANA, A. C. & RIBEIRO, D. T. Sistema de demandas de carne no Brasil: modelo equação aparentemente não-relacionada. XLVI Congresso da SOBER, 2008.

UBABEF. União Brasileira de Avicultura. Relatório Anual 2010/2011.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍTICA - IBGE. Pesquisa de Orçamento Familiares – 2002/2003. Rio de Janeiro, 2004.

SANTANA, A.C. Mudanças recentes nas relações de demanda de carne no Brasil. Revista de Economia e Sociologia Rural. V.37, n.2, p.51-76, abr./jun. 1999.

CARDOSO, A. F. Análise dos indicadores de desempenho organizacional nas pequenas empresas de confecções de camisetas em malha de Brusque/SC. Dissertação (mestrado). Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, 2005.

VARIAN, H.R. Microeconomics analysis.2 ed. New York: Norton, 1984.

LOESCH, Cláudio. Manual do curso de métodos estatísticos multivariados. Blumenau: Ed. Furb, 2002.

BARROS, R. P., MENDONÇA, R. Bem-estar, pobreza e desigualdade de renda: uma avaliação da evolução histórica e das disparidades regionais. Rio de Janeiro: IPEA, 2000.

IPEA. Distribuição Funcional da Renda no Brasil: situação recente. Rio de Janeiro: IPEA, 2009. Disponível em: .


Apontamentos

  • Não há apontamentos.