DIAGNÓSTICO DE MALÁRIA – A IMPORTÂNCIA DA HABILIDADE EM MICROSCOPIA

Érika Rayanne Silva Paz, Silvana Barbosa Santiago

Resumo


RESUMO: A malária é uma doença infecciosa parasitária caracterizada por acessos febris. No Brasil, a maior incidência desta doença localiza-se na Região Amazônica devido ao clima ideal para o desenvolvimento do vetor. Objetivou-se neste estudo citar os principais agentes etiológicos que causam a malária; listar alguns sintomas e descrever o diagnóstico da doença enfatizando a importância desse diagnóstico através da habilidade em microscopia. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica descritivo-exploratória, considerando os artigos que abordem a habilidade em microscopia para o diagnóstico de malária e outras informações específicas correlacionadas ao assunto. Diante desse estudo concluiu-se que muitos diagnósticos de malária são liberados erroneamente, dificultando assim, o tratamento da doença, por isso mais estudos são necessários para desenvolver a habilidade em microscopia e assim diagnosticar corretamente a doença.Palavras-chave: Malária. Diagnóstico. Microscopia. Gota espessa .

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Alessandra et al. Malária Grave Importada. Relato de Caso. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, Rio de Janeiro, n. 2, v. 19, abr-jun, 2007.

AMARAL, Cacyane Naiff do et al. A importância do perfil-laboratorial no diagnóstico diferencial entre malária e hepatite aguda viral. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, n. 5, v. 79, 2003.

ANCANJO, Ana Ruth Lima et al. Avaliação dos testes rápidos Optimal-IT® e ICT P.f./P.v.® para o diagnóstico da malária, na atenção básica de saúde, no município de Manaus, Amazonas. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Manaus, p. 88-90, n. 1, v. 40, jan-fev, 2007.

BRAGA, Érika Martins; FONTES, Cor Jésus Fernandes. Plasmódium – Malária. In: NEVES, David Pereira. Parasitologia Humana. 12 ed. São Paulo: Atheneu, 2011, p. 155-176.

CAMARGO, Erney Plessmann. Malária, Maleita, Paludismo. Ciência e Cultura, São Paulo, n. 1, v.55, jan./mar., 2003.

CIMERMAN, Benjamin; CIMERMAN, Sérgio. Parasitologia Humana e seus Fundamentos Gerais. 2 ed. São Paulo: Atheneu, 2010.

FONTES, Cor Jésus Fernandes. Plasmodium spp. In: DE CARLI, Geraldo Attilio. Parasitologia Clínica: Seleção de Métodos e Técnicas de Laboratório para o Diagnóstico das Parasitoses Humanas. 2 ed. São Paulo: Atheneu, 2011, p. 351-363.

FRANÇA, Tanos C. C.; SANTOS, Marta G. dos; FIGUEROA-VILLAR, José D. Malária: Aspectos Históricos e Quimioterapia. Química Nova, n. 5, v.31, p. 1271-1278, 2008.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HIPÓLITO, Janayna Roriz et al. Vantagens do diagnóstico molecular para malária em comparação à microscopia. 5 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Mestrado)-em Biotecnologia, Universidade Federal do Amazonas, Amazônia, 2011.

MARKELL, Edward K.; JOHN, David T.; KROTOSKI, Wojciech A. Parasitologia Médica. 8 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

MAYIRA-MILANO, Sojo; CÁCERES, José Luis García; SOJO-MILANO, Eliecer. Avaliação de qualidade do diagnóstico da malária. Rede de Monitoramento, município Cajigal, estado Sucre, Venezuela. Boletim da Malária e Saúde Ambiental, Maracay, n. 2, v. 48, 2008.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Ações de Controle da Malária. 1 ed. Brasília, DF, 2006, 52p.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de Diagnóstico Laboratorial da Malária, 1 ed. Brasília, DF, 2005, 112p.

NEVES, David Pereira. Parasitologia dinâmica. 2 ed. São Paulo: Atheneu, 2006.

PEREIRA, Maria da Paz Luana; IGUCHI, Takumi; SANTOS, Elizabeth Glória Oliveira Barbosa dos. Avaliação de discordâncias encontradas nos exames de gota espessa para o diagnóstico da malária realizados por microscopistas dos Estados do Amapá e do Maranhão, Brasil, entre 2001 e 2003. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, n. 2, v. 15, abr./jun. 2006.

REINERS, Annelita Almeida Oliveira et al. Adesão e reações de usuários ao tratamento da malária: implicações para a educação em saúde. Contexto Enfermagem, Florianópolis, n. 3, v. 19, jul./set., 2010.

REY, Luís. Bases da Parasitologia Médica. 3 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

REY, Luís. Parasitologia: parasitas e doenças do homem nos trópicos ocidentais. 4 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

ROCHA, Maria de Nazaré Almeida; FERREIRA, Eleonora A. P.; SOUZA, José Maria de. Aspectos Históricos da Malária. Revista Paraense de Medicina, Tucuruí, n. 3, v. 20, jul./set., 2006.

ROSAS-AGUIRRE, Anjo et al. Uso de painéis de avaliação padronizada de competências no diagnóstico microscópico da malária na Amazônia peruana. Jornal Peruano de Medicina Experimental e Saúde Pública, Lima, n. 4, v. 27, 2010.

SUÁREZ-MUTIS, Martha Cecilia; COURA, Jose Rodrigues. Avaliação da confiabilidade da gota espessa em um estudo de campo conduzido em uma área endêmica de malária no Médio Rio Negro, Estado do Amazonas. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Rio de Janeiro, p. 495-497, set-out, n. 5, v. 39, 2006.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Malária. n. 24, mar., 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.