SATISFAÇÃO NO TRABALHO E SEUS REFLEXOS NA QUALIDADE DE VIDA DE DOCENTES DE ENSINO SUPERIOR DA ÁREA DA SAÚDE

Ana Cássia Mendes Ferreira, Virgínia Visconde Brasil, Laidilce Telles Zatta, Katarinne Lima Moraes, Leidiene Ferreira Santos, Maria Alves Barbosa

Resumo


RESUMO: A qualidade de vida é um constructo subjetivo constituído de múltiplas dimensões, como bem estar físico, emocional e social. Objetivou-se analisar a satisfação no trabalho e a qualidade de vida de docentes da área da saúde de uma instituição pública de ensino superior em Goiás, por meio do questionário sócio-demográfico, do Medical Outcomes Study 36-Item Short-Form Health Survey (SF-36®) e do Questionário de Satisfação no Trabalho (S20/23). Estudo transversal com 66 docentes de duas unidades acadêmicas de uma instituição pública de ensino superior em Goiânia/GO, na maioria mulheres (95,5%), casada (66,7%), com filhos (63,6%) e média de idade 43,64 (± 9,58) anos. A média de satisfação global foi 3,64 e a média dos fatores variou entre 3,45 e 3,93. Na avaliação da qualidade de vida, o escore dos domínios variou de 51,53 (vitalidade) a 83,00 (capacidade funcional). O item do S20/23 de maior satisfação referida pelos docentes foi “o trabalho enquanto fator de realização” e o de maior insatisfação foi o “ambiente e espaço físico de trabalho”. O fator “satisfação intrínseca do trabalho” do S20/23 apresentou correlação positiva com os domínios limitações por aspectos físicos, aspectos sociais e limitações por aspectos emocionais do SF-36. A satisfação no trabalho reflete na qualidade de vida dos docentes de ensino superior da área da saúde que por sua vez influencia novamente na satisfação no trabalho.

 

DESCRITORES: Qualidade de vida. Satisfação no trabalho. Docente. Educação em Saúde. Enfermagem.


Texto completo:

PDF

Referências


BACKES, D.S.;MARINHO, M.;COSTENARO, R.S.;NUNES, S.,RUPOLO, I. Repensando o ser enfermeiro docente na perspectiva do pensamento complexo. Rev Bras Enferm . 2010 [cited 2011 jan 5];63(3):421-426. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n3/a12v63n3.pdf.

CAMPOLINA, A.G.;BORTOLUZZO, A.B.;FERRAZ, M.B.,CICONELLI, R.M. O questionário SF-6D Brasil: modelos de construção e aplicações em economia da saúde. Rev Assoc Med Bras .2010 [cited 2011 jan 5];56(4):409-414. Available from: http://www.scielo.br/pdf/ramb/v56n4/12.pdf.

CAMPOS, M.O.,RODRIGUES NETO, J.F. Qualidade de vida: um instrumento para promoção de saúde. Rev Baiana Saude Publica . 2008 [cited 2009 sep 22];32(2):232-240. Available from: http://br.monografias.com/trabalhos-pdf/qualidade-vida-instrumento-promocao-saude/qualidade-vida-instrumento-promocao-saude.pdf.

CARLOTTO, M.S.,CÂMARA, S.G. Preditores da síndrome de Burnout em professores. Psicol Esc Educ. 2007 [cited 2010 mai 10];11(1):101-110. Available from: http://www.scielo.br/pdf/pee/v11n1/v11n1a10.pdf.

______. Propriedades psicométricas do Questionário de Satisfação no Trabalho (S20/23). Psico-USF . 2008 [cited 2009 ago 27];13(2):203-210. Available from: http://www.scielo.br/pdf/pusf/v13n2/v13n2a07.pdf.

CARVALHO, S.M.;PAES, G.O.,LEITE, J.L. Trabalho, educação e saúde na perspectiva das concepções de enfermeiros em atividade docente. Trab Educ Saude . 2010 [cited 2011 jan 5];8(1):123-136. Available from: http://www.revista.epsjv.fiocruz.br//include/mostrarpdf.cfm?Num=288.

CHRISTOPHORO, R.,WAIDMAN, M.A.P. Estresse e condições de trabalho: um estudo com docentes do curso de enfermagem da UEM, Estado do Paraná. Acta Scientiarum . 2002 [cited 2006 set 15];24(3):757-763. Available from: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciHealthSci/article/viewFile/2505/1675.

CICONELLI, R.M. Tradução para o português e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida “medical outcomes study 36 - item short - form health survey (SF-36) [thesis]. São Paulo: Escola Paulista de Medicina de São Paulo, Universidade Federal de São Paulo; 1997. 145 p.

CICONELLI, R.M.;FERRAZ, M.B.;SANTOS, W.;MEINÃO, I.,QUARESMA, M.R. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Rev Bras Reumatol . 1999 [cited 2011 jan 5];39(3):143-150. Available from: http://www.nutrociencia.com.br/upload_files/artigos_download/qulalidade.pdf.

CURA, M.L.A.D.,RODRIGUES, A.R.F. Satisfação profissional do enfermeiro. Rev Lat Am Enfermagem . 1999 [cited 2009 mai 20];7(4):21-28. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v7n4/13485.pdf.

FERREIRA, R.C.;FIORINI, V.M.L.,CRIVELARO, E. Formação profissional no SUS: o papel da atenção básica em saúde na perspectiva docente. Rev Bras Educ Med . 2010 [cited 2011 jan 5];34(2):207-215. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v34n2/a04v34n2.pdf.

GARCIA, A.L.;OLIVEIRA, E.R.A.,BARROS, E.B. Qualidade de vida de professores do ensino superior na área da saúde: discurso e prática cotidiana. Cogitare Enferm . 2008 [cited 2010 nov 23 ];13(1):18-24. Available from: http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/cogitare/article/viewFile/11945/8429.

LEMOS, J.C. Cargas psíquicas no trabalho e processos de saúde em professores universitários [tese]. Florianópolis: Centro Tecnológico da, Universidade Federal de Santa Catarina; 2005. 137 p.

LIPOVCAN, L.K.;LARSEN, Z.P.,ZGANEC, N. Quality of live, life satisfaction and happiness in shift- and non-shiftworkers. Rev Saude Publica . 2004 [cited 2010 jan 8];38(Supl):3-10. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v38s0/a02v38s0.pdf.

LOCKE, E.A. The nature and causes of job satisfaction. In: DUNNETTE, M.D. (editors). Handbook of industrial and organizational psychology. Chicago: Rand McNally; 1976: p. 1297-1349.

______. Job satisfaction. In: GRUNEBERG, M., WALL, T. (editors). Social psychology and organizational behaviour. New York: John Wiley and Sons; 1984: p. 93-117.

LOPES, M.C.R. "Universidade produtiva" e trabalho docente flexibilizado. Est Pesqui Psicol . 2006 [cited 2011 jan 5];6(1):35-48. Available from: http://pepsic.bvs-psi.org.br/pdf/epp/v6n1/v6n1a04.pdf.

MARTINEZ, M.C. As relações entre a satisfação com aspectos psicossociais no trabalho e a saúde do trabalhador . São Paulo: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo; 2002. 255 p.

MARTINS, J.T.,ROBAZZI, M.L.C.C. Sentimentos de prazer e sofrimento de docentes na implementação de um currículo. Rev Gaucha Enferm . 2006 [cited 2011 jan 5];27(2):284-290. Available from: http://seer.ufrgs.br/index.php/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/4607/2527.

MASTROPIETRO, A.P.;OLIVEIRA-CARDOSO, É.A.;SIMÕES, B.P.;VOLTARELLI, J.C.,SANTOS, M.A. Relação entre renda, trabalho e qualidade de vida de pacientes submetidos ao transplante de medula óssea. Rev Bras Hematol Hemoter . 2010 [cited 2011 jan 5];32(2):102-107. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbhh/v32n2/aop35010.pdf.

MELIÁ, J.L.;PEIRÓ, J.M.,CALATAYUD, C. El cuestionario general de satisfacción en organizaciones laborales: estudios factoriales, fiabilidad y validez. Millars. 1986(XI):43-77.

MINAYO, M.C.S.;HARTZ, Z.M.A.,BUSS, P.M. Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Cien Saude Colet . 2000 [cited 2009 aug 22];5(1):7-18. Available from: http://www.scielo.br/pdf/csc/v5n1/7075.pdf.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Resolução Nº 196/96 - Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. CONSELHO NACIONAL SAÚDE. Brasília: Ministério da Saúde; 1996.

MOREIRA, H.R.;NASCIMENTO, J.V.;SONOO, C.N.,BOTH, J. Qualidade de vida do trabalhador docente em Educação Sísica do estado do Paraná, Brasil. Rev Bras Cineantropom Desenpenho Hum . 2010 [cited 2011 jan 5];12(6):435-442. Available from: http://www.rbcdh.ufsc.br/DownloadArtigo.do?artigo=605.

MORTARI, D.M.;MENTA, M.;SCAPINI, K.B.;ROCKEMBACH, C.W.F.;DUARTE, A.,LEGUISAMO, C.P. Qualidade de vida de indivíduos com doença renal crônica terminal submetidos à hemodiálise. Sci Med . 2010 [cited 2011 jan 5];20(2):156-160. Available from: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/scientiamedica/article/view/6382/5423.

MOURA, R.M.F.;GONÇALVES, G.S.;NAVARRO, T.P.;BRITTO, R.R.,DIAS, R.C. Correlação entre classificação clínica CEAP e qualidade de vida na doença venosa crônica. Rev Bras Fisioter . 2010 [cited 2011 jan 5];14(2):99-105. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbfis/v14n2/aop007_10.pdf.

NOGUEIRA, I.D.B.;SERVANTES, D.M.;NOGUEIRA, P.A.M.S.;PELCERMAN, A.;SALVETTI, X.M.;SALLES, F., et al. Correlação entre qualidade de vida e capacidade funcional na insuficiência cardíaca. Arq Bras Cardiol . 2010 [cited 2011 jan 5];95(2):238-243. Available from: http://www.scielo.br/pdf/abc/v95n2/aop09210.pdf.

OLIVEIRA, C.J.;PEREIRA, C.A.R.;PONTES, J.N.C.;FIALHO, A.V.M.,MOREIRA, T.M.M. Análise da produção científica na área da saúde sobre qualidade de vida no Brasil entre 2000 e 2005: um estudo bibliográfico. Rev Eletrônica de Enfermagem [

. 2007 [cited 2010 feb 12];9(2):496-505. Available from: http://www.fen.ufg.br/revista/v9/n2/v9n2a16.htm.

OLIVEIRA, S. A qualidade da qualidade: uma perspectiva em saúde do trabalhador. Cad Saude Publica . 1997 [cited 2010 fev 12];13(4):625-634. Available from: http://www.scielo.br/pdf/csp/v13n4/0147.pdf.

PEREIRA, C.A.A.,ENGELMANN, A. Um estudo da qualidade de vida universitária no trabalho entre docentes da UFRJ. Arq Bras Psicol. 1993;45(3/4):12-48.

PIZZOLI, L.M.L. Qualidade de vida no trabalho: um estudo de caso das enfermeiras do Hospital Heliópolis. Cien Saude Colet . 2005 [cited 2009 may 20];10(4):1055-1062. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232005000400028&lng=en&nrm=iso.

PORTO, L.A.;CARVALHO, F.M.;OLIVEIRA, N.F.;NETO, A.M.S.;ARAÚJO, T.M.;REIS, E.J.F.B., et al. Associação entre distúrbios psíquicos e aspectos psicossociais do trabalho de professores. Rev Saude Publica . 2006 [cited 2010 jan 5];40(5):818-826. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v40n5/ao-5230.pdf.

REIS, E.P.;GONTIJO, P.L.,CARDOSO, F.P.F. Qualidade de vida nos diferentes graus de obesidade. Brasília Med . 2010 [cited 2011 jan 5];47(03):285-291. Available from: http://www.ambr.com.br/rb/arquivos/QUALIDADE_DE_VIDA_NOS_DIFERENTES_GRAUS.pdf.

ROCHA, S.S.L.,FELLI, V.E.A. Qualidade de vida no trabalho docente em enfermagem. Rev Lat Am Enfermagem . 2004 [cited 2007 out 16];12(1):28-35. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v12n1/v12n1a05.pdf.

ROSANOVA, G.C.L.;GABRIEL, B.S.;CAMARINI, P.M.F.;GIANINI, P.E.S.;COELHO, D.M.,OLIVEIRA, A.S. Validade concorrente da versão brasileira do SRS-22r com o Br-SF-36. Rev Bras Fisioter . 2010 [cited 2011 jan 5];14(2):121-126. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbfis/v14n2/aop012_10.pdf.

SCHMIDT, D.R.C.,DANTAS, R.A.S. Qualidade de vida no trabalho de profissionais de enfermagem, atuantes em unidades do bloco cirúrgico, sob a ótica da satisfação. Rev Lat Am Enfermagem . 2006 [cited 2007 out 16];14(1):54-60. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v14n1/v14n1a08.pdf.

SCHMIDT, D.R.C.;DANTAS, R.A.S.,MARZIALE, M.H.P. Quality of life at work: brazilian nursing literature review. Acta Paul Enferm . 2006 [cited 2009 dec 17];21(2):330-337. Available from: http://www.scielo.br/pdf/ape/v21n2/a16v21n2.pdf.

SILVÉRIO, M.R.;PATRÍCIO, Z.M.;BRODBECK, I.M.,GROSSEMAN, S. O ensino na área da saúde e sua repercussão na qualidade de vida docente. Rev Bras Educ Med . 2010 [cited 2010 nov 23];34(1):65-73. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbem/v34n1/a08v34n1.pdf.

SPECTOR, P.E. Satisfação no trabalho e comprometimento com a organização. In: SPECTOR, P.E. (editors). Psicologia nas organizações. São Paulo: Saraiva; 2010: p. 317-366.

TIMÓTEO, R.P.;MARQUES, L.S.,BERTONCELLO, D. Intervenção fisioterapêutica promove melhora na qualidade de vida de indivíduos com pênfigo. Rev Soc Bras Med Trop . 2010 [cited 2011 jan 5];43(5):580-583. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rsbmt/v43n5/v43n5a22.pdf.

WARE, J.E. SF-36® Health Survey Update.[update 2010 Jan 1, cited 2010 Cited Jul 20. Available from: http://www.sf-36.org/tools/sf36.shtml.

WARE, J.E.,SHERBOURNE, C.D. The MOS 36-item Short-Form Health Survey (SF-36): I. Conceptual framework and item selection. Med Care . 1992 [cited 2009 jan 10];30(6):473-483. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1593914.

WHOQOL GROUP. Special issue on Health-Related Quality of Life: what is it and how should we measure it? Soc Sci Med . 1995 [cited 2008 oct 2];41(10):1403-1409. Available from: http://www.bath.ac.uk/whoqol/publications/#1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.