ANÁLISE DOS EFEITOS DA INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES MASTECTOMIZADAS

Janair Honorato Alves Rodrigues, Patrícia Cândida de Matos Lima, Éder Rodrigues Machado, Jullie Ruffo Marques

Resumo


 

RESUMO: O tratamento para o carcinoma da mama varia de acordo com o tipo e a extensão da doença, sendo a mastectomia a principal opção terapêutica e, tem como objetivos promover o controle da doença. Em decorrência da mastectomia podem ocorrer alterações físico-funcionais. A fisioterapia tem como principal objetivo promover a prevenção e tratamento de complicações secundárias à mastectomia, contribuindo através de métodos que irá promover à reintegração físicosocial e melhoria a qualidade de vida da mulher mastectomizada. O objetivo deste trabalho foi analisar os efeitos da intervenção fisioterapêutica em mulheres mastectomizadas. O estudo foi feito através de uma revisão literária, nas seguintes bases de dados: BIREME, LILACS e SCIELO. Analisados artigos em língua portuguesa aceitos no período de 2004 a 2014. Este estudo revelou que um programa de tratamento fisioterapêutico contribui para melhorias favoráveis à recuperação das habilidades funcionais da mulher mastectomizadas, trazendo resultados significativos na recuperação das disfunções apresentadas no pós-mastectomia.

Palavras-chave: mastectomia. Reabilitação. condutas fisioterapêuticas.

 

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, M. F.; SOUZA, D. S.; FAGUNDES, D. S. Os Efeitos da massoterapia sobre o estresse físico e psicológico. Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente. Blumenau, v. 3, p. 101-105, 2012

ALMEIDA, S. P. A. Cinesioterapia em pacientes mastectomizadas. 55 f. Monografia (Trabalho de conclusão de curso) Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde, da Faculdade de Fisioterapia da Universidade Veiga de Almeida. Rio de Janeiro. Disponível em: . 2008. Acesso em 06 de set. 2014.

ALVES, R. C. Drenagem Linfática Manual. 36 f. Trabalho de conclusão de curso (Pós-Graduação) - curso de Estética e Cosmetologia, Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, 2012.

BERGMANN, A.; RIBEIRO, M. J. P.; PEDROSA, E.; NOGUEIRA, E. A.; OLIVEIRA, A. C. G. Fisioterapia em mastologia oncológica: Rotinas do hospital do câncer/ INCA. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 52, p. 97-109, 2005.

BREGANOL, R. K.; DIAS, A. S. Alterações funcionais em mulheres submetidas à cirurgia da mama com linfadenectomia axilar total. Revista Brasileira de cancerologia, Rio de Janeiro, v. 56, p. 25-33, 2009.

CAMBRUZZI, E.; ZETTLER, C. G.; PÊGAS, K. L.; DUARTE, M. R.;CANDIOTA, J. S.; TEIXEIRA, S. L.; Associação entre metástases em linfonodos axilares e fatores prognósticos e preditivos no carcinoma ductal infiltrante de mama. Revista da AMRIGS, Porto Alegre,v. 54, p. 294-299, 2010.

CERQUEIRA, W. A.; BARBOSA, L. A.; BERGMANN, A. Proposta de conduta fisioterapêutica para o atendimento ambulatorial em pacientes com escápula alada pós linfedenectomia axilar. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 55, p. 115-120, 2009.

CERDEIRA, D. Q.; NUNES, T. T. V.; LIMA, A. C.; REGO, M. R. S.; COUTINHO, G. R. Atuação fisioterapêutica em pacientes pós-cirurgia do câncer de mama: uma revisão bibliográfica. Revista Expressão Católica, Fortaleza, v. 3, p. 23-24. 2014.

CORREIA, G. N.; OLIVEIRA, J.; FERRARI, R. A. M. Avaliação da qualidade de vida em mulheres submetidas à mastectomia radical e segmentar. Fisioterapia e Pesquisa, São Carlos, v.14, p. 31-36. 2007.

FARIA, S. S.; JÚNIOR, R. F.; SILVA, P. L. Prevalência e perfil clínico da síndrome de mama fantasma: Revisão integrativa. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v.59, p. 113-122, 2012.

FRAZÃO, A; SKABA, M. M. F. V. Mulheres com câncer de mama: as Expressões da questão social durante o tratamento de quimioterapia neoadjuvante. Revista Brasileira de Cancerologia. Rio de Janeiro, v. 59, p. 427-435, 2013.

FERREIRA, A. S. M.; LAURETTI, G. R. Massoterapia como técnica adjunvante no controle da dor em pacientes oncológicos sob cuidados paliativos. Prática Hospitalar, Ribeirão Preto, v.5, p. 161-163. 2007.

GUIRRO, R.; GUIRRO, E. Fisioterapia Dermato Funcional: Fundamentos recursos e patologias. 3 ed. São Paulo: Manole, 2004.

GUSMÃO, C. Drenagem Linfática Manual: Método Dr. Vodder. São Paulo: Atheneu, 2010.

HALL, C. M.; BRODY, L. T. Exercícios Terapêuticos: Na busca da função. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, 2007.

INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER. INCA: Síntese de Resultados: Estimativa de câncer de mama. Rio de Janeiro, RJ, 2014. Disponível em:< http://www.inca.gov.br/estimativa/2014/sintese-de-resultados.htm> Acesso em: 23 ag. 2014.

______. Tipos de Câncer de Mama. Rio de Janeiro, RJ, 2014. Disponível em Acesso em: 10 set. 2014.

JAMMAL, M. P.; MACHADO, A. R. M.; RODRIGUES, L. R. Fisioterapia na reabilitação de mulheres operadas por câncer de mama. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 32, n. 4, p. 506-510, 2008.

KISNER, C; COLBY, L. Exercícios Terapêuticos Fundamentos e Técnicas. 4°ed. São Paulo: Manole, 2006.

LAHOZ, M. A.; NYSSEN, S. M.; CORREIA, G. N.; GARCIA, A. P. U.; DRIUSSO, P. Capacidade funcional e qualidade de vida em mulheres pós-mastectomizadas. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 56 n. 4, 2010.

LEAL, N. F. B. S.; CARRARA, H. F. V.; VIEIRA, K. V.; FERREIRA, C. H. J. Tratamentos fisioterapêuticos para o linfedema pós-câncer de Mama: uma Revisão literária. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 17 n. 5, 2009.

LESSA, L. B. S.; SILVA, M. N.; DINIZ, J. S.; HERRERA, S. D. S. C. A drenagem linfática manual no tratamento de fibro edema gelóide: Uma revisão literária. Revista Cereus, Gurupi, v. 6, 2012.

MAGNO, R. B. C. Bases reabilitativas de fisioterapia no câncer de mama. 68 f. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso) - Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, 2009.

MACHADO, S. M. B.; RERGMANN, A. Qualidade de vida de mulheres brasileiras com câncer de mama: Revisão sistemática da literatura: Corpus et Scientia, Rio de Janeiro, v. 8, n. 3, p. 139-153, 2012.

MARTINS, C. A.; GUIMARÃES, R. M.; SILVA, R. L. P. D.; FERREIRA, A. P. S.; GOMES, L.; SAMPAIO, J. R. C.; SOUZA, M. D.; SILVA, M. F. R. Evolução da mortalidade por câncer de mama em mulheres jovens. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v.59, n. 3, p.341-349, 2013.

MATOS, E. L. A Utilização do biofeedback cinemático com sensor kinect em sessões de fisioterapia. 106 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)- Curso Técnico em Ciências da Computação, Universidade Vale do Itajaí, Itajaí, 2012.

MELO, M. S. I.; MAIA, J. N.; SILVA, D. A. L.; CARVALHO, C. C. Avaliação postural em pacientes submetidas à mastectomia radical modificada por meio da fotogrametria computadorizada. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 57, p. 39-48, 2011.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Orientações Fisioterapêutica em Mastologia. Rio de Janeiro, 2004. Disponível em: http://www.inca.gov.br. Acesso em: 20 mar. 2014.

______. Ações de enfermagem para o controle do câncer: Uma proposta de integração ensino-serviço. 3°ed, Rio de Janeiro: Instituto Nacional de Câncer, 2008.

MÜLLER, A. M.; SCORTEGAGNA, D.; MOUSSALLE, L. D. Paciente oncológico em fase terminal: Percepção e abordagem do fisioterapeuta. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 57; p. 207-215, 2011.

NAKAMURA, C. M.; VANINI, T. M.; CHINGUI, L. J.; SILVA, C. A. Avaliação de repercussão cardiovasculares na drenagem linfática manual em mulheres idosas. Anuário de Produção de Iniciação Científica Discente, Campinas, v. 13, n. 17, 2010.

PASCOAL, C. K. P.; BERGMANN, A.; RIBEIROS, M. J. P.; VIEIRA, R. J. S.; FONTOURA, H. A. Relatos de mulheres submetidas à biópsia do linfonodo sentinela quanto às orientações recebidas para prevenção de linfedema: Um estudo qualitativo. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 56 2009.

PEREIRA, C. M. A.; OLIVEIRA, J. C.; CIAMPONE, S.; MARX, A. Efeitos da linfoterapia em pacientes com linfedema de membros inferiores. Flebologia e Linfologia / Leituras vasculares, São Paulo, v.12, p, 728-736, 2009.

PINHEIRO JUNIOR, Josias Garcia; Fisioterapia descongestiva complexa no tratamento do linfedema pós-mastectomia. Brasília, DF, 2010. Disponível em acesso em: 10 set. 2014.

PINHEIRO, L. L.; BRASILEIRO, V. T.; VIEIRA, M. M. E.; PINHEIRO, C. P.; MAIA, M. R. H.; DIÓGENES, B. V. P. Incidência de complicações pulmonares em mulheres mastectomizadas no pós operatório imediato. Ensaios e ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde, Valinhos, v. 16, n. 1, p. 95-107, 2012.

PINHEIRO, A. B.; LAUREZ, D. S.; CARDOZO, I. R.; MENEZES, L. M.; BARRETO, R. M. Câncer de mama em mulheres jovens. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, v. 59, p. 351-359, 2013.

RENAULT, J. A.; COATA-VAL, R.; ROSSETTI, M. B. Fisioterapia respiratória na disfunção pulmonar. Revista Brasileira de Cirurgias Cardiovasculares, Belo Horizonte, n. 23, p. 562-569, 2008.

RETT, M. T.; MESQUITA, P. J.; CARVALHO, A. PEREIRA, M. D.; SANTANA, M. J. M. A cinesioterapia reduz a dor no membro superior de mulheres submetidas à mastectomia ou quadrantectomia. Sociedade Brasileira Sobre Estudo de Dor, São Paulo, v. 13, p. 201-207, 2012.

RIBEIRO, R. L.; COSTA, R. L.; SANDOVAL, R. A. Conduta fisioterapêutica no linfedema pós-mastectomia por câncer de Mama. Revista Eletrônica Faculdade Montes Belos, Montes Belos v. 03, n. 01, ag. 2008. Disponível em:. Acesso em: 02 ag. 2014.

SAÇO, L. F, FERREIRA E. L. Mulheres com câncer e sua relação com a atividade física. Revista Brasileira Ciências e Movimento, Juiz de Fora, v.18, p. 11-17, 2010.

SALLES, M. A.; MATIAS, M. A. R. F.; RESENDE, L. M. P.; GOBBI, H. Variação interobservador no diagnóstico histopatológico do carcinoma ductal in situ da mama. Revista Brasileira de Ginecologia Obstetrícia, São Paulo, n. 27, p. 1-6. 2005.

SILVA, M. D.; RETT, M. T.; MENDONÇA, A. C. R.; JUNIOR, W. M. S.; PRADOS, V. M.; SANTANA, J. M. Qualidade de vida e movimento do ombro no pós-operatório de câncer de mama: Um enfoque da fisioterapia. Revista Brasileira de Cancerologia, Rio de Janeiro, n. 59, p. 419-426, 2013.

SOUZA, A. B.; A drenagem linfática associada à cinesioterapia sob bandagem elástica no tratamento de pacientes submetidas a mastectomia radical modificada com presença de linfedema. 88 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)- Curso de Fisioterapia, Universidade do Sul de Santa Catarina, Tubarão, 2005.

SQUARCINO, I. M.; BORRELLI, M.; SATO, M. A. Fisioterapia no linfedema secundário a mastectomia. Revista Arquivos Médicos ABC, Santo André, v.32, p. 64-67, 2007.

TRAMONTIN, C. M. Os Efeitos de endermoterapia e drenagem linfática manual na região abdominal: Uma visão fisioterapêutica. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)- Curso de Fisioterapia, Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma, 2009.

XAVIER, D. Fisioterapia oncológica em adultos. Portal da educação, 2008.

Disponível em:< http://www.webartigos.com/artigos/o-cancer-de-mama-no-brasil>. Acesso em: 22 mar. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.