CONHECIMENTO E PERCEPÇÃO DOS TRABALHADORES DE SAÚDE SOBRE COLONIZAÇÃO POR MICRORGANISMOS MULTIRRESISTENTES

Ludimila Cristina Souza Silva, Fabrício Martins Machado Carrijo, Marinésia Aparecida Prado Palos, Regiane Aparecida Soares Barreto, Karina Suzuki

Resumo


RESUMO: O objetivo deste estudo foi analisar o conhecimento e a percepção de trabalhadores de saúde sobre micro-organismos resistentes aos antimicrobianos e os riscos oferecidos pelo profissional colonizado. Pesquisa qualitativa, analisada segundo o Modelo de Crenças em Saúde de Rosenstock (1974), realizada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) infantil de Goiânia-GO. CEPH/HMI/protocolo nº 03/2012. Participaram 22 trabalhadores, 50,2% enfermeiros; 31,8% técnicos em enfermagem; 4,5% fisioterapeuta; 4,5% fonoaudióloga; 4,5% serviços gerais e 4,5% médico residente. O conhecimento sobre microrganismo resistente a antimicrobianos (MRA) foi afirmativo para 63,6%, adquirido na própria instituição, formação profissional, capacitações e artigos científicos. Para 95,5%, o profissional colonizado oferece riscos à equipe e aos pacientes e 81,8% associaram as doenças causadas por MRA às dificuldades de tratamento e índices elevados de mortalidade. Apesar de referirem conhecimento sobre MRA, percebeu-se uma bipolaridade, envolvendo o conhecimento de um grupo e os obstáculos que tal conhecimento representa nessa conjuntura. Assim sendo, recomenda-se programas de educação continuada objetivando agregar valores e conhecimentos em prol da práxis segura.

 

Palavras-chave: Microrganismos.Colonização.Multiresistentes.Saúde.


Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Portugal: Edições 70 ; 2011.

BRINSLEY, K., SINKOWITZ-COCHRAN, R.L., CARDO, D.M. Assessing motivation for pshysicians to prevent antimicrobial resistance in hospitalized children using the Health Belief Model as a framework. American Journal of Infection Control (AJIC).v.33, n.3, p.175-180, 2005.

BUSH-KNAPP, M.E., BRINSLEY-RAINISCH, K.J., LAWTON-CICCARONE, R.M., SINKOWITZ-COCHRAN, R.L., DRESSLER, D.D., BUDNITZ,T., et al. Spreading the word, not the infection: Reaching hospitalists about the prevention of antimicrobial resistance. American Journal of Infection Control (AJIC). v.35, n.10, p.656-61, 2007.

COLI, R.C.P.; ANJOS,M.F.; PEREIRA,L.L. The atitudes of nurse from na Intensive care unit the face of errors: na approach in light of bioethics. Rev Lat Am Enfermagem. v.18, n.3, p.324-30, 2010.

EFSTATHIOU,G.; PAPASTAVROU,E.; RAFTOPOULOS,V.; MERKOURIS,A. Factors influencing nurse compliance with satandard precautions in order to avoid occupational exposure to microorganisms: A focus group study. BMC Nursing. v.10, n.1, p.1-12, 2011.

GARCIA-WILLIAMS,A., BRINSLEY-RAINISH, K., SCHILLIE,S., SINKOWITZ-COCHRAN,R. To ask or not to ask?: The results of a formative assessment of a video empowering patients to ask their healt care providers to perform hand hygiene. Paciente Saf Journal. v.6, n.2, p.80-5, 2010.

GRALTON,J.; RAWLINSON, W.D.; MCLAWS,M.L. health care workers perception predicts uptake of personal protective equipment. American Journal of Infection Control (AJIC). v.41, p.2-7, 2013.

LEWIS, K.L.; THOMPSON,J.M. Health care prodessional’s perceptions and knowledge of infection control practices in a community hospital. Health Care Manag (Frederick). v.28, n.3, p.230-8, 2009.

MOURA, J.P.; PIMENTA,F.C.; HAYASHIDA, M.; CRUZ, E.D.A.; CANINI,S.R.M.S.; GIR, E. Colonization of nursing professionals by Staphylococcus aureus. Rev Lat Am Enfermagem. v.19, n.2, p.325-31, 2011.

PINA,E.; FERREIRA, E.; MARQUES,A.; MATOS, B. Infecções Associadas aos cuidados de saúde e segurança do doente. Elsevier Doyma. Rev Port de Saúde Pública. v.1, n.10, p. 27-39, 2010.

PRADO, M.A.; COSTA, D.M.; GIR, E.; SUSUKI, K.; PIMENTA, F.C. Atuação de enfermagem em Unidades de Terapia Intensiva: implicações para disseminação de microrganismos multirresistentes. Revista Panamericana de Infectologia (Impresso). v.12, p.37-42, 2010.

ROSENSTOCK,I.Historical the Belief Model. Health Educ. Monog;1974.

SILVA, A.M.; CARVALHO, M.J.; CANINI,S.R.M.S.; CRUZ, E.D.A.; SIMÕES, C.L.A.P.; GIR, E. Resistant Staphylococcus aureus: Knowledge and Factors Related to the Nursing Team’s Adherence to Preventive Measures. Rev Lat Am Enfermagem. v.18, n.3, p.346-51, 2010.

WEGNER,W.; PEDRO, E.N.R. Patient safety in care circumstances: prevention of adverse events in the hospitalization of children. Rev Lat Am Enfermagem. v.20,n.3, p.427-34, 2012.

WOLF , R.; LEWIS, D.; COCHRAN, R.; RICHARDS,C. Nursing Staff Perceptions of Methicillin-Resistant Staphylococcus aureus and infection control in Long-term Care facility. Journal of the American Directors Association (JAMDA). v.9, p.342-346, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.